Tempo, Foco e Metas: Sabotadores ou Aliados no Comércio Exterior?

Atualizado: 20 de set. de 2021

1º Artigo Publicado em 14 de março de 2021


Tempo, Foco e Metas, em alguns momentos da minha vida foram antagônicos e me levaram a caminhos que me ensinaram de uma maneira diferente que devemos realmente estar preparados para os objetivos que a vida nos proporciona e almejamos ao longo prazo.

Sempre fui muito regrado, com uma mãe que tinha pouco estudo, mas, sempre me incentivou a estudar, ter princípios corretos e a dar valor desde as pequenas coisas e atitudes de meus pais , quanto, as mais relevantes.

Meu pai, Desenhista Projetista de formação, extremamente organizado, meticuloso e capaz, me mostrou o caminho que deveria tomar e a pessoa que poderia ser, sempre com seus exemplos de um pai com somente seu olhar , eu já entenderá o recado e acatava suas orientações.

Por incrível que pareça, comecei minha carreira na Força Aérea Brasileira, aos meus 18 anos, tive o prazer de saber, como a disciplina, regras e o espirito de corpo, me ajudariam ainda mais, nos 6 (seis) anos que fiquei na caserna.

Ao sair do meio militar, por opção, me deparei com o mundo que vivo , convivo e me dedico até hoje, o Comércio Exterior.

Ao sair do quartel, seis meses depois, fui contratado em uma Comercial Importadora e Exportadora , como auxiliar de exportação e iniciei minha carreira em uma profissão em que o Tempo, Foco e Metas, regem o seu trabalho diário e são fundamentais para o sucesso na carreira, ou te mostram , com duras penas, como é difícil, não ter esses três pilares , sob controle, o que te levam a algumas intempéries, onde você tem por principio considerar como aprendizado, mesmo, que as consequências sejam difíceis.

No entanto, porque estou fazendo essa analogia entre minha educação, princípios, formação, minha carreira e os três pilares que são titulo desse artigo, questionando se são Sabotadores ou Aliados?

Quando comecei a minha carreira de Comércio Exterior, pensei , que com minha disciplina, altamente regrado, educado, e uma pessoa que sempre estava disponível ao time com espirito de equipe, mas, "nunca dizia não" , me levaram à aprender a duras penas quanto é valioso o Tempo, Foco e Metas.

Porque?

Em Comércio Exterior, o tempo é fundamental, em todas as empresas que trabalhei, em sua grande maioria B2B, sempre dizia , que estávamos pelo menos de 30 à 60 dias atrasados, dependendo do país que vendíamos.

E eu, para dificultar a vida de meus amigos de fábrica, sempre quis vender para os países mais longínquos ou mais complexos,

Sempre corremos contra o tempo , a produção é fundamental entregar na data acordada, o famoso "lead time", qualquer atraso, leva há um processo em cadeia, que tudo se posterga e perdemos o acordado com o cliente, por isso, se antecipar aos fatos dentro do Comércio Exterior é fundamental, para aqueles que querem atender o cliente com alta primazia.

Outro fator que mostra que o tempo é fundamental em Comex, aos leitores, se recordam que eu escrevi acima que eu "nunca dizia não" a nada e a ninguém, pois bem, profissionais de Comércio Exterior, tem a tendência de seres "Super Homens", sabem porque?

Simples, cuidamos de tudo que é relacionado ao Comércio Exterior dentro da empresa que trabalhamos, ao invés, de montarmos uma equipe multidisciplinar e treinarmos profissionais nos seus devidos setores para serem os interlocutores aos clientes internacionais de nossa empresa.

Problemas de qualidade, técnico, desenvolvimento, financeiro, aduaneiro, logístico, exportação, importação, comercial, participação em feiras nacionais e internacionais, projetos compradores, enfim, mesmo você se achando capaz de dar conta de tudo isso, e com a síndrome que eu tinha de "nunca dizer não a ninguém" o tempo foi a cada dia se esvaindo, minhas horas de trabalho cada dia mais aumentando, minha saúde diminuindo, física e psicologicamente a cada dia e minhas preocupações e perspectivas de falhas humanas, subindo da mesma maneira como o dólar e o combustível estão em escaladas surpreendentes no dia de hoje.

Com isso, vocês devem estar se perguntando, o que o Foco e as Metas, tem haver com isso?

Pergunta fácil de responder: Tudo, simplesmente, porque como vocês, eu tinha chefes, diretores , CEOs, ou qualquer posição que vocês queiram nomear acima de mim, e na reunião de resultados, o que me cobravam?

O foco para atingir as metas que a corporação planejou para o ano.

Parece simples não? Mas, não é , quando nos envolvemos em todas as áreas da companhia, para resolver um problema de seu cliente internacional, sendo, o ativo ou o passivo na história, a cada dia, vc vai tirando um minuto do seu tempo, em que você poderia vender, prospectar novos mercados , atingir as metas estabelecidas e focar no seu melhor, no que melhor você pode contribuir para sua empresa.

Contudo, caros amigos leitores, vocês novamente devem estar perguntando, se existe, uma formula mágica, livro, ou simplesmente estalar de dedos que resolveria esse martírio que a grande maioria dos profissionais de comércio exterior , vivem , nas empresas que trabalham?

Infelizmente não, as empresas brasileiras (na verdade o empresariado brasileiro) tem uma tendência imediatista, na busca de resultados de comércio exterior , achando que seu produto e serviço que oferecem ao mercado nacional, tem a mesma capacidade de venda, aceitação e abertura de mercado como no país natal que vivem.

Pura ilusão:

Um dos pontos mais importantes, só há uma a razão para que alguém comece a comprar de um fornecedor novo e tão distante: melhor preço, qualidade aceitável, garantia de fornecimento contínuo e atendimento tão eficiente quanto o dos fornecedores tradicionais.

Não esperar resultados imediatos e grandiosos. A abertura de novos mercados necessita de trabalho a médios e longos prazos. Na realidade trata-se de um investimento que feito com seriedade é fruto de grandes resultados.

A internacionalização de um empresa é algo muito sério e todo profissional de Comércio Exterior , tem que ser mais do que um "trader" , temos que levar a Cultura de Exportação ou de Comércio Exterior para dentro da empresa.

Todas as áreas, devem ser responsáveis pelo cliente internacional, ter capacidade de se comunicar com eles e resolver todas as situações, sendo o Gerente de Comércio Exterior, o responsável por conectar a empresa , realmente ao mundo, não só o departamento de Comex, mas, sim , a empresa que vc trabalha, necessita ter um corpo de profissionais em suas mais diferentes áreas aptos a trabalhar com o cliente internacional e se engajar a produzir os resultados esperados , que foram estabelecidas pelo Board da empresa.

Como fazer isso? Identificando talentos, conversando nas áreas, se comunicando e mostrando o quão é importante todos na empresas serem envolvidos na "vibe" do Comex.

Busque pessoas no financeiro, técnico, qualidade, desenvolvimento, planejamento, que possam e queiram ser treinadas, para compor seu time, o que vai trazer um diferencial único no atendimento e na empresa e irão mostrar para seu cliente internacional que o seu fornecedor é altamente qualificado e atenderá com agilidade e principalmente com respostas e ações precisas.

Desde anúncios internos, o famoso Endomarketing, onde realizamos uma nova venda, para um novo país, um novo cliente internacional, mostrando que desde o chão de fábrica até a esfera maior da empresa, participaram disso e são importantes, tudo é um mecanismo, uma engrenagem, que bem engrenada, vai dar ao "trader" ou ao responsável pelo Comércio Exterior, o Tempo, Foco e Meta que ele realmente precisa para gerar os resultados esperados, ou seja, vender e chegar aos mais longínquos extremos desse planeta.

Enfim, esse é meu primeiro artigo, espero que gostem, e seus comentários, criticas e sugestões serão sempre bem vindas, minha intenção é semanalmente usar esse espaço para levar algumas dicas , assuntos interessantes a todos os profissionais de Comércio Exterior, para a cada dia sermos mais valorizados e termos o Tempo, Foco e Metas que realmente possamos cumprir e chegar em nossos objetivos profissionais e pessoais.

Grato.

Douglas de Lima.

CEO.

Brazilian Look International Consulting.


www.brazilianlook.com.br








7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo