Pequenas e Médias Empresas como preparar-se para Internacionalização.


Prezados Amigos do Comércio Exterior e Entusiastas da Internacionalização.

Com muita alegria, escrevo mais um artigo e teremos uma sequência de assuntos muito interessantes para nossos leitores e todas aqueles que tem interesse em saber mais sobre a internacionalização de produtos e serviços.

Primeiramente, gostaria de convidar a todos aqueles que ainda não assinaram que assinem nossa Newsletter no Linkedin, "Dicas de Internacionalização" onde traremos tudo sobre como internacionalizar sua empresa, produtos e serviços, curiosidades, dicas, informações importantes para aqueles que ainda não acreditam que é possível internacionalizar sua empresa.

O tema de hoje, é um questionamento que recebo praticamente todos os dias de empresários de todos os ramos, setores e segmentos.

O que devo fazer para internacionalizar a minha empresa? Somos capazes de realizarmos esse desafio? Por onde, devemos começar?

Na maioria de minhas respostas e elas são muitas, é que sim, é totalmente possível e viável realizar a internacionalização desde que sigam alguns passos importantes:

  • Avaliar a estrutura de sua empresa e avaliar quais serão as necessidades em investimento, estruturação interna , pessoal responsável, capacitação, legalização frente a Receita Federal e demais orgãos , dependendo de seu produto ou serviço, que presta.

  • O planejamento estratégico corporativo tem que ter um capítulo dedicado aos objetivos e metas almejadas em internacionalizar a empresa, considerando todos os pontos importantes e principalmente detalhando quais são todas as fraquezas e forças da empresa, ameaças e oportunidades que podem ser consideradas nas regiões eleitas para se iniciar o processo.

  • Sabemos a importância de uma pesquisa altamente qualificada, sobre países ou regiões que a empresa pretende internacionalizar sua empresa.

  • A certificação e pesquisas aprofundadas em relação a legislação de seu produto e serviço, são fundamentais, pois, podem trazer surpresas, tanto de possibilidades e oportunidades no país alvo, bem como, adaptações que devam ser feitas para a entrada dos mesmos em cada região.

  • Estarem atentos aos canais de venda é outro detalhe importante, pode ser que o canal de venda no mercado nacional, não seja, o melhor para seu produto ou serviço no país e região alvo e tenha que se adaptar ao mercado para estar a frente da concorrência e encontrar seu espaço.

Verificar a possibilidade de montar um escritório comercial inicialmente é um investimento muito bem visto, bem como, fundamental, para uma presença mais marcante e estratégica no país e região estudados.

Existem consultorias, representantes e demais possibilidades, bem como, abertura de um "CNPJ" no país que podem trazer vantagens fiscais, financeiras e incentivos que eram desconhecidos por vocês e por não se atentarem a fazer um estudo completo de viabilidades, passa desapercebido muita das vezes.

A Apex, programas de incentivo a exportação, Sebrae e consultorias especializadas como a nossa em internacionalização de empresas, podem e devem apoiar o empresariado brasileiro de qualquer segmento, setor e tamanho na empreitada da internacionalização.

Espero que tenham gostado de mais esse artigo, teremos mais, e peço que comentem, curtam e compartilhem.

Nos sigam em nossas redes sociais, principalmente aqui no Linkedin e Instagram e se inscrevam em nosso mais novo canal do Youtube, onde compartilharemos dicas, curiosidades e entrevistas sobre o mundo de comércio exterior.

Brazilian Look

Linkedin Brazilian Look

Instagram

Grato.

Douglas de Lima

0 visualização0 comentário